Páginas

19 de dezembro de 2014

Por que a Lagoa do Portinho secou? E o que fazer para salva-la?


O leito da lagoa que antes se passeava de "banana boat", hoje
se atravessa de buggy
Primeiro - Os problemas climáticos que afetam nossa região, pois já há alguns anos não temos inverno regular. Segundo – o avanço das dunas com o consequente fechamento do canal da maré do Rio Portinho que ajudava na manutenção natural da lagoa.Terceiro - a construção de represas particulares no Rio Portinho que atrapalham o fluxo das águas. Quarto – desmatamento da mata ciliar ao longo do rio portinho e em especial nas suas nascentes. Quinto– a retirada descontrolada de água da lagoa através de bombas para abastecer viveiros e irrigação.

Estudantes da UFPI organizaram a "Dança da Chuva", foi um
momento de muito simbolismo que chamou a atenção para
as mudanças climáticas provocadas pelo homem
Todos estes fatores juntos agravam a situação e tem prejudicado um dos cartões postais mais importantes do Piauí, causando prejuízo ao turismo e principalmente os empresários dos bares e restaurantes bem como moradores do seu entorno que sobrevivem da pesca. Atualmente somente alguns olhos d´água tem mantido uma pequena parte das águas e estas estão diminuindo rapidamente sua vasão

Segundo os moradores da comunidade Portinho, também presentes ao movimento, se mostraram bastante preocupados durante o “S. O. S. Lagoa do Portinho”, ocorrido na tarde desta quinta-feira (18), se o poder público abrisse o canal que foi soterrado pelas dunas a lagoa voltaria a ter água proveniente da maré do Rio Portinho, pois era assim antes. Paralelamente exigir a destruição das barragens feitas no leito do rio Portinho que represa o curso do rio, pois isto é crime, causando impacto ambiental grave. Suspender temporariamente e sempre que necessário a retirada de água do rio Portinho para abastecer tanques de piscicultura e irrigação. Incentivar o replantio das matas ciliares ao longo do curso do rio que está degradado.
movimento 

Estudantes, repórteres, empresários e curiosos observam o
leito seco da Lagoa do Portinho
Foi levantada a questão de que mesmo que desobstrua o canal de ligação da lagoa com a maré do Portinho as dunas voltariam a soterrar rapidamente, isto é fato. Ocorre que o novo canal poderia ser feito de forma barata através de tubulações (manilhas ou similares) com suspiros em pontos estratégicos para uma possível limpeza/desobstrução eventual.

O fato é que urge a criação de um grupo de estudos com ações imediatas para encontrar uma solução imediata para este desastre que bateu a nossa porta e com certeza temos homens capacitados para encontrar uma saída.

*Por José Wilson
*Fotos: Darklise Albuquerque
*Edição do Jornal da Parnaíba

18 de dezembro de 2014

Turistas e Parnibanos poderão dar adeus a Lagoa do Portinho



Um dos principais pontos turísticos do litoral do Piauí está secando e se transformando em paisagem desoladora, reflexo direto da ação do homem, que não respeitou a importância ambiental do local, berçário natural de peixes migradores e residentes e habitat de várias espécies aquáticas.

Para sensibilizar a população e as autoridades, o Departamento de Turismo da UFPI realizará o ato público 'S.O.S Lagoa do Portinho', por volta das 15h, no dia 18 de dezembro de 2014. Os organizadores do evento de consciência ambiental estão convidando estudantes da UFPI e de outras instituintes de ensino superior, e a comunidade em geral, para que possa sensibilizar as autoridades municipais e estaduais para a gravidade do estado da Lagoa do Portinho.




*Edição do Jornal da Parnaíba
*Por: Erismar Calixto/Portal O Dia

5 de dezembro de 2014

XIII Regatas Peixe Boi Marinho será realizada dia 13 de dezembro

A 13ª Regata Peixe Boi Marinho acontecerá no dia 13 de dezembro no Cajueiro da Praia.

A Base Peixe-boi, sede da Área de Proteção Ambiental Delta do Parnaíba em Cajueiro da Praia, promove os Eventos Peixe-boi Marinho em parceria com a Prefeitura Municipal de Cajueiro da Praia e o apoio de ONGs como a Comissão Ilha Ativa e o projeto Pesca Solidária, a CARE Piauí e o Instituto Tartarugas do Delta.

Os eventos acontecem no dia 13 de dezembro a partir das 6:30h com a realização do XIV Ciclismo, cuja largada será no entroncamento da BR 402 com a estrada de acesso ao município.

São cerca de 20km que os ciclistas de Cajueiro da Praia precisarão percorrer e a corrida movimenta os povoados do interior que ficam no caminho, já que durante a passagem dos competidores, grupos de voluntários ficam estrategicamente em diversos locais para distribuir água para os participantes.

*Fonte: jornaldaparnaiba

17 de novembro de 2014

Eventos Peixe-Boi Marinho movimentarão o litoral piauiense em dezembro


Regata de Canoas a vela no Cajueiro da Praia (PI)
Foto: Base Peixe-Boi/ICMBio
A Base do Projeto Peixe-Boi, sede da APA Delta do Parnaíba, em Cajueiro da Praia, realiza no dia 13 de dezembro mais uma edição dos Eventos Peixe-Boi, em comemoração ao aniversário de 18 anos de emancipação política do município e também aos 20 anos de fundação da Base do Projeto Peixe-Boi em Cajueiro, que desde 1994 atua com ações voltadas para a preservação da espécie ameaçada de extinção.

A programação inclui a XIII Regata de Canoas à Vela, o XIV Circuito de Ciclismo e a X Corrida de Jegues, atividades que sempre envolvem a participação massiva de turistas, competidores e moradores da região.

A décima prova de Ciclismo abre as festividades, com largada às 7h00 do entroncamento da BR- 402 com o acesso à entrada da cidade, e chegada em frente ao antigo prédio da Secretaria de Educação. Haverá pontos estratégicos de distribuição de água para os competidores. 

Na regata de Canoas à Vela, que está marcada para às 9h30 da manhã na Praia de Baixo, concorrem duas modalidades: canoa pequena e grande. Já a tradicional Corrida de Jegues acontece às 11h00, também na Praia de Baixo. Nesta modalidade, os participantes só poderão competir com jegues. Para ambas as competições, já encontram-se abertas as inscrições. Os interessados devem se dirigir a Base Peixe-Boi, no horário comercial (segunda à sexta).

O objetivo dos eventos é trabalhar a importância do esporte, das atividades tradicionais de geração de renda local e de se levantar a bandeira da preservação do peixe-boi marinho como simbolo do município. Além da Prefeitura Municipal, que todos os anos apóia os eventos, também são parceiros, a Colônia de Pesca de Barra Grande Z-6, e empresas da região.


*Por Gilmar Araujo
*Fonte: jornaldaparnaiba

11 de novembro de 2014

INQUÉRITO investiga grilagem de terras no litoral do Piauí

TERRENOS EM PRAIAS DE LUIS CORREIA são alvo de grileiros, que usam até de violência

COLEGIO CEV
Vestibular
DR RAFAEL VICTOR
CELTA CONSTRUTORA
Kangaço
Polícia Civil inicia nesta semana uma grande investigação para apurar denúncias de grilagem de terras no litoral do Piauí. O inquérito especial foi aberto pela Delegacia Geral e nos próximos dias um delegado chegará ao litoral para começar a ouvir testemunhas. Praias, principalmente de Luis Correia, estão sendo alvo de grileiros, que usam de violência para garantir a posse da terra. A investigação foi confirmada pelo delegado James Guerra para o Bom Dia Meio Norte.
James Guerra prefere no momento ainda não dar muitos detalhes sobre a investigação, mas o que se sabe até o momento é que pessoas estão indevidamente se apropriando de terras da União e comercializando de forma ilegal. Praias de cidades vizinhas a Luis Correia também são alvos da atuação dos criminosos.
O delegado explica que os criminosos agem de duas formas. Ou com uso de documentos falsos, ou então, extorquindo pessoas com uso da violência, sob ameaça de invadir as propriedades.
O apelo da delegacia geral é para que vítimas do grupo denunciem os grileiros que agem na região. A expectativa é de que com a informação sobre a realização da operação, vítimas prestem Boletins de Ocorrência a fim de que a polícia tome conhecimento do caso.
"Estas são pessoas que não possuem nenhum título de propriedade, e acabam invadindo terrenos, desmarcam propriedades e usam de ameaça para retirar os donos legítimos dali, ou as obrigando a pagar novamente pela terra que foi adquirida legalmente. Com essa investigação queremos trazer a normalidade para Luis Correia", disse o delegado.
* Publicado Por: Apoliana Oliveira

10 de novembro de 2014

Regata dos Manjubeiros do Igaraçu acontecerá dia 14 de dezembro


Regata de Canoas dos Pescadores de Majuba do Igaraçu
O Calendário Esportivo da cidade de Parnaíba, criado ano passado em parceria com a Universidade Federal do Piauí - Campus Ministro Reis Velloso, para 2014 está marcando a realização para o segundo domingo do próximo mês de dezembro, a partir das 08h, a X Regata de Canoas dos Pescadores de Manjuba do Igaraçu.

O Superintendente Municipal de Esporte, Arlindo Leão, esteve na manhã de ontem (domingo -09) no Porto dos Manjubeiros e foi recebido pelo pescador Raimundo Antônio dos Santos (Fundador e primeiro Presidente) da Associação dos Pescadores e Pescadoras de Manjuba do Igaraçu (realizadora do evento) recebeu a informação de que a competição terá duas modalidades: Canoa Fina e Canoa Pesca.


*Edição do Jornal da Parnaíba
*Fonte: Superintendência de Esporte de Parnaíba. 

5 de novembro de 2014

Salão do Livro de Parnaíba divulga programação que começa próximo dia 12

Começa na próxima semana, entre os dias 12 e 15 de novembro, a quinta edição do Salão do Livro de Parnaíba (5º Salipa). Este ano o homenageado será o autor piauiense Assis Brasil.

Assis Brasil é o primeiro a ser homenageado em vida no Salão do Livro da Parnaíba e ganhará um espaço especial para divulgação de sua trajetória profissional. A “Casa do Escritor” será uma sala com exposição de fotos, livros, prêmios, além de um espaço para venda de livros, autógrafos e bate papos com o próprio homenageado.

Como todo evento que tende a crescer a cada nova edição, a organização também apostou em uma nova roupagem neste 5º Salipa. A programação na parte da manhã será toda dedicada às crianças (com espetáculos) e aos professores/coordenadores /diretores (com oficinas), visando um melhor aproveitamento das visitas escolares. À tarde, a programação será voltada para palestras com temas variados, voltado ao público adulto. No turno da noite, o coroamento de escritores nacionais, além de shows musicais. Os bate-papos literários com lançamentos de livros serão durante a manhã e no fim de tarde.

Este ano a Feira de Livros será realizada embaixo da Ponte Simplício Dias e os shows musicais serão oferecidos nas Ruínas do Porto das Barcas, onde também serão montados alguns estandes para venda de alimentação.


Diferente das edições anteriores, as inscrições serão realizadas no local nas horas que antecedem as palestras, no mesmo molde de um credenciamento realizado em grandes eventos. Não há necessidade nem obrigatoriedade do participante assistir a todas as palestras, pois os certificados serão emitidos conforme participação. Você se credencia ao participar de sua primeira palestra e nas palestras seguintes, só assina uma lista de presença, que servirá para registro de sua carga horária.


PROGRAMAÇÃO:

QUARTA-FEIRA (12/11)

18h30 – Solenidade de Abertura
Intervenção Teatral “Assis Brasil: Os que bebem Beira Rio, Beira Vida”, com Grupo ATO de Teatro
Pronunciamentos

19h00 – Palestra: “Do haikai à letra de música – Uma viagem poética”                           
              ALICE RUIZ (Poeta e letrista / São Paulo)

21h00 – Show Musical:
Lançamento do CD “Meu Eu”, com ALINE BACELAR
Banda SETOR NORTE


QUINTA- FEIRA (13/11)

8h00 – Palestra: “Despertando o prazer da leitura e da escrita nas pessoas”
            GRAÇA TARGINO (Profa. Doutora da UFPI / Teresina)

10h00 – Musical: “Cantigas de Valor”
              ISAQUE FOLHA (Músico-educador)

14h30 – Palestra: “Um pedido de demissão dos tempos difíceis”
              ITHALO FURTADO (Poeta / Parnaíba)

16h00 – Palestra: “A critica literária de Assis Brasil no Suplemento Dominical do Jornal Brasil”
              FRANCIGELDA OLIVEIRA (Doutora em Literatura Brasileira / UFMG)

18h30 – Palestra: “Nelson Rodrigues por ele mesmo”
              SONIA RODRIGUES (Escritora e jornalista / Rio de Janeiro)

21h00 – Show Musical:
JOÃO CLAUDIO MORENO canta “Luiz Gonzaga”


SEXTA-FEIRA (14/11)

8h00 – Palestra: “Palestra ler pra crescer”
            RUTHNEIA LIMA (Profa. E diretora da Casa Meio Norte).

10h00 – “Show do Leleco – Alegria da Criançada”
              FÁBIO COSTA (Ator e diretor teatral)

14h30 – Palestra: “Ritos iniciaticos na obra Ulisses entre o amor e a morte, de O.G. Rego de Carvalho”.
 WANDERSON LIMA (Professor, poeta e ensaísta)

16h00 – Palestra: “Sociopoética e a formação de educadores multi/interculturais”
              SHARA JANE COSTA ADAD (Profa. Doutora da UFPI).

18h30 – Palestra: “Biografias não autorizadas e a liberdade de expressão”
              MÁRIO MAGALHÃES (Jornalista e escritor, Rio de Janeiro).

21h00 – Show Musical:
Banda BESOUROS DA SILVA
Número Circense da CIA GARATUJA, Espetáculo: Meninas Voadoras, apresentação artística CRAS João XXIII.


SÁBADO (15/11)

8h00 – “Literatura de Cordel”
            PEDRO COSTA (Cordelista e editor da Revista De Repente)

10h00 – “As aventuras de Cassimiro Coco”
              CHAGAS VALE (Musico e arte-educador)

14h30 – Palestra: “A cela, o pátio e o grito: Onde estamos nós na História?”
              FREDERICO OSANAN (Professor UFPI / Doutor em História)

16h00 – Musical: “Luiz Gonzaga: Cultura acústica e imagens de nordestinidade”
              JONAS MORAES (Professor mestre e músico); ALFREDO WERNEY, Violão e direção artística(Professor mestre e musico)

18h30 – Palestra: “Lutar com palavras é a luta mais vã”
              CRISTÓVÃO TEZZA (Escritor / Curitiba)

21h00 – Show Musical:

“O POETA DESFOLHA A BANDEIRA”, com Edvaldo Nascimento e Banda Selfie, participação do poeta Durvalino Couto, uma homenagem aos 70 anos do Poeta Torquato Neto.

30 de outubro de 2014

População questiona pouca informação sobre construção de resort em Parnaíba

Uma Audiência Pública realizada nessa terça-feira (28) no auditório da Universidade Federal do Piauí (UFPI), na cidade de Parnaíba, mobilizou a comunidade sobre o empreendimento do condomínio de luxo e resort, do grupo Pure Resort, que poderá ser construindo na Comunidade de Pedra do Sal/PI.

A audiência pública é um espaço previsto por lei em que o órgão Ambiental do Estado deve realizar; nesse caso, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Piauí (SEMAR/PI).

Esse deveria ter sido o momento da população obter informações sobre o projeto do condomínio de luxo e do“Resort”, no entanto, o que se viu foram apresentações em linguagens muito técnicas feita pelos empreendedores, tanto do projeto arquitetônico como do relatório de impacto ambiental; o relatório deve subsidiar uma possível licença juntos aos órgãos ambientais: SEMAR/PI e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Estiveram presentes diversas instituições públicas e privadas como: Prefeitura Municipal de Parnaíba, ICMBio, Secretaria do Patrimônio da União (SPU), Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Superintendência Municipal de Turismo de Parnaíba. Estiveram presentes também as associações locais de Pedra do Sal, ONGs como a CARE Brasil, Comissão Ilha Ativa (CIA), Instituto Tartarugas do Delta (ITD) entre outras.

A Audiência Pública é o último passo para que aconteça a liberação da licença prévia ao empreendimento e tem o papel de informar à população sobre o projeto, concedendo a eles a oportunidade de expressar suas opiniões e tirar dúvidas que devem ser esclarecidas pelos representantes do Pure Resort, porém esse espaço ficou cheio de lacunas e dúvidas entre os presentes, devido à falta de respostas efetivas.

Segundo o turismólogo Luciano Galeno, a apresentação não possibilitou grandes esclarecimento para os presentes: “A maneira técnica que foram repassadas as informações não favoreceu uma discussão justa entre comunidade e empreendedores, uma vez que não houve clareza na apresentação, onde fosse possível formular um posicionamento com maior certeza”, comenta.

“Com 45 questionamentos vindo de pesquisadores e comunitários, o que se pode ver, foi uma falta de transparência nos repasses das informações, ficando evidente a falta de diálogo com a comunidade”,complementou o turismólogo.

A comunidade presente, se sente preocupada como a maneira que vai ser implantado o empreendimento, uma vez que a área apresenta inúmeros cajueirais, lagoas naturais, murici entre outros recursos, de onde tiram seu sustento.

“Hoje tivemos a exatidão da área onde será implantado o empreendimento, é uma área utilizada não apenas pelos moradores da Pedra do Sal, mas a população de Ilha Grande e Parnaíba, também retiram recursos do local, agora é hora de unir forças e lutar pelo nosso espaço”comenta um morador da comunidade.

Na ocasião foi colocado que o empreendimento já tinha iniciado a obra de acesso com a construção da estrada que, no entanto não tinha licença para ser construída, fato que fez o ICMBio, embargar a obra. Neste contexto, percebe-se o suposto conceito de respeitar as questões ambientais vendidas pelos empreendedores.

Outro ponto nesta audiência, que merece atenção, foi a inércia do órgão ambiental em disponibilizar os relatórios de estudos de impactos ambientais, no qual foram entregues somente aos comunitários e associações no momento da audiência pública.

A inércia da SEMAR e falta dos esclarecimentos necessários às duvidas de todos os presentes, fez com que fosse encaminhada a realização de uma nova audiência pública e, que esta seja feita na comunidade de Pedra do Sal, exigência dos moradores locais. Ficou definido também, de forma paralela, que um grupo de pesquisadores e estudiosos irá estudar com profunfidade os relatórios produzidos pelos empreendedores, no intuito de apoiar a comunidade nas suas escolhas, seja pela aprovação ou na recusa do empreendimento, fato esse já exposto nesta primeira audiência, onde eles disseram não ao condomínio e resort “luxo natural”.


23 de setembro de 2014

X EXPO - FESTA DO LEITE DO BREJINHO - LUÍS CORREIA‏

A Prefeitura Municipal de Luís Correia em parceria 
com
 A FUNDAC  realizarão entre os dias 24 à 28 a Décima Festa do Leite do Brejinho. O evento contará com exposição de produtos agropecuários, apresentações culturais, exposição de animais, shows musicais e muito mais.
A Festa do Leite do Brejinho já é tradição na Região. Na Administração da Prefeita Adriane Prado o evento vem ganhando maior proporção em termo de estrutura e organização. A ultima edição realizada no ano passado, já foi destaque de crescimento, organização, atrações e público.

Este ano o evento contará com shows das seguintes bandas:
24/09 -  Desejo de Menina
25/09 – Romim Mata
26/09 – Forró na Veia
27/09 – Rosa Xote
28/09 – Janaina e Banda

X EXPO LUÍS CORREIA – FESTA DO LEITE DO BREJINHO
CONSTRUÍNDO UMA LUÍS CORREIA DE TODOS 


* Assessoria de Comunicação
* Prefeitura de Luís Correia 

22 de setembro de 2014

Golfinho é resgatado por técnicos do Biomade

Na manhã do dia 18 os técnicos do Projeto Biomade patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Socioambiental foram acionados para um resgate de golfinho encontrado vivo na praia do Sardim, município do Cajueiro da Praia-PI. O golfinho, conhecido popularmente como cabeça-de-melão (Peponocephala electra), foi resgatado e transportado para uma área de piscina natural local mais adequado para observação do comportamento natatório, após os cuidados veterinários.

“Não temos como saber a causa do encalhe.  Geralmente golfinhos encalhados vivos apresentam uma saúde comprometida, mas existem casos de animais apenas desorientados. Entretanto, nesse momento, o importante é realizar intervenções específicas para aumentar as chances de sobrevivência e proporcionar um bem-estar ao animal e consequentemente, um sucesso na reintrodução” afirmou Werlanne Magalhães, coordenadora técnica do projeto Biomade.

A primeira etapa da operação foi realizada em parceria com os técnicos da APA Delta do Parnaíba, Aquasis/projeto Manati e Comissão Ilha Ativa – CIA.

Garota de 9 anos impressiona rivais no Mundial de Kitesurfe no Piauí

Mesmo em desvantagem na estatura em relação às demais, Mika Thompson mostra personalidade na repescagem. Atleta mirim perde vaga para atual campeã brasileira.

Mika e ação durante bateria em Barra Grande,
no litoral piauiense
(Foto: Wenner Tito/GloboEsporte.com)
Quem acompanhou as baterias da etapa do Campeonato Mundial de Kitesurfe, realizado durante esta semana na praia de Barra Grande, no litoral do Piauí, pode ter se espantado ao, de repente, notar a baixa estatura de Mika Thompson. 

A garota de apenas nove anos de idade está competindo pela primeira vez no Mundial de estilo livre da modalidade e demonstrou talento impressionante na briga por uma vaga na final ao disputar a repescagem neste sábado. A joia cearense voou no céu piauiense, esbanjou carisma, mas acabou perdendo a disputa na bateria para Dionéia Vieira, atual campeã brasileira.

Estreante, cearense Mika Thompson impressiona
rivais no Mundial de Kitesurfe em Barra Grande
(Foto: Wenner Tito)
Filha de uma norte-americana com um brasileiro, Mika nasceu e cresceu na praia de Jericoacoara, no Ceará. Acostumada desde pequena a ver os adultos praticando o kitesurfe, o interesse surgiu desde cedo e, aos oito anos, a mãe deu a permissão para que a filha fizesse as primeiras manobras.

- Todo dia, ela vê kitesurfe e, desde os 5 anos, ela pedia para começar. Eu dizia sempre para esperar, até que no passado eu deixei. Eu e o pai dela também praticamos, mas ela é muito melhor que a gente - conta Jodi Thompson.

A mãe não nega o orgulho da filha. Jodi também foi atleta profissional de kitesurfe, mas conta que não tem nenhuma influência direta no interesse de Mika pelo esporte. É justamente isso que a deixa mais feliz.

- Dá muito orgulho e dá prazer, porque o desejo vem dela. É uma coisa que a gente deixa bem a vontade, e ela vai bem no ritmo dela, ela quer muito - diz.

Mika recebe apoio de perto da família durante
etapa do Mundial
(Foto: Wenner Tito/GloboEsporte.com)
Não é difícil perceber a alegria que Mika sente quando veleja. Debutante na etapa de um dos principais torneios da temporada, ela sabe muito bem que não está entre as principais competidoras na briga pelo título, mas foca em algo mais importante: a diversão.

- Eu gosto de andar por cima da água. Levo um montão de tombos, mas continuo. Não estou aqui para ganhar. É só para praticar e me divertir – explica a pequena.

Mika ficou fora das finais que serão disputadas no domingo. Nada que importe muito para ela e para os pais, que ficaram o tempo todo à beira da água aplaudindo e incentivando a filha, e a receberam com um abraço quando saiu da água.

* Da redação do Jornal da Parnaíba

I Festival da Tainha na Praia do Maramar aconterá no próximo final de semana

O Festival da Tainha é uma iniciativa da comunidade local representada pela AMMA (Associação de Moradores do Maramar) em parceria com a Prefeitura de Luís Correia eSEBRAE. 


O Festival tem como objetivo promover a integração das atividades produtivas e turísticas da comunidade Maramar, visando dar maior visibilidade à mesma por meio da exposição e comercialização de produtos e serviços da comunidade. O Festival acontecerá na Praia do Maramar entre os dias 26 e 27 de Setembro.


PROGRAMAÇÃO OFICIAL
26/09/2014 – SEXTA-FEIRA

18h00 – Abertura Oficial do Festival
19h00 – Abertura da Feira
Exposição e Venda de Produtos Artesanais
Comercialização de Pratos Regionais
Apresentação Musical
20h00 – Concurso Gastronômico – Pratos a base da Tainha.
21h00 – Comercialização dos Pratos Apresentados no Concurso Gastronômico
Show Musical – Banda Xote de Primeira

27/09/2014 – SÁBADO

08h00 – II REGAMAR – Regata de Canoas
09h00 – Jogo de Futebol Infantil na Praia
10h00 – Corrida de Jegue
10h30 – Brincadeiras Infantis
11h00 – Apresentação de KiteSurf
17h00 – Abertura da Feira
19h00 – Concurso da Garota Tainha
20h00 – Premiação dos Vencedores
II REGAMAR
CONCURSO GASTRONÔMICO
GAROTA TAINHA
21h00 – Apresentação Folclórica
22h00 – Show Musical – Teófilo 


* Da redação do Jornal da Parnaíba